25 de abril de 2024

Três pessoas morrem em ação da PM no Solar da Unhão, na Gamboa

Três pessoas morreram após uma ação da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) no Solar da Unhão, comunidade que fica na região da Gamboa, em Salvador, na madrugada desta terça-feira, 1º. As vítimas são dois homens jovens e uma mulher que teria deficiência intelectual.

De acordo com relatos de moradores, por volta das 3h, policiais chegaram ao local atirando e jogando gás lacrimogêneo. Os tiros atingiram Alexandre dos Santos, de 20 anos, Patrick Sapucaia e uma mulher de 30 anos. Os três foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram.

No local, em prantos, Silvana dos Santos, mãe de Alexandre dos Santos falou com emissoras de tv que acompanham o caso.

Ainda no local, a Polícia Militar informou que os três foram mortos em uma troca de tiros após terem feito uma pessoa refém.

“Nossas guarnições foram acionadas para atender uma demanda de homens armados naquela localidade. Ao chegar no local houve, por parte dos que estavam armados, resistência. Isso depende de uma apuração, que estamos em momento preliminar e vai esclarecer os fatos. Nós não queremos, em hipótese alguma, óbitos. Infelizmente, aconteceu uma situação dessa natureza, mas a Polícia Militar está, como patrimônio do estado, para salvaguardar a vida dos baianos. E quando chamados, para atuar em uma situação dessa natureza, estaremos presentes”, disse o comandante-geral da PM, o coronel Coutinho.

Apesar da versão, Coutinho prestou solidariedade às famílias das vítimas e prometeu uma explicação sobre o caso. “Nosso PM está para defesa do cidadão e só ele sabe o que encontrou nessa operação. Todos os fatos serão esclarecidos e nós passaremos para a sociedade baiana tudo o que aconteceu”, disse o comandante-geral da PM.

Os moradores contestam a versão da polícia e realizam um protesto na Avenida Lafayete Coutinho, mais conhecida como Avenida Contorno, na manhã desta terça-feira. O grupo fechou a pista dos dois lados e pede o fim da violência policial. (Atarde)